A Ilha de Marajó é a maior Ilha do Brasil | Rumo Norte Expedições

A Ilha de Marajó é a maior Ilha do Brasil

A maior Ilha fluvial marinha do planeta é resultado das violentas convulsões provocadas pelo encontro do rio Amazonas com o mar.

Marajó vem de “Mbará-yó”, que em tupi significa “barreira do mar”: de fato a ilha é formada por um enorme depósito de sedimentos carregados pelo grande rio ao longo de milhares de anos.

Pertence ao território do Estado do Pará, Marajó possui 40.100 km² de superfície – pouco menos que o território do Estado do Rio de Janeiro, que possui uma área de 43.696 km² –  é também a maior ilha do Brasil e um mundo à parte na região amazônica. Marajó faz parte do arquipélago de mesmo nome, que totaliza cerca de 59.980 km² e abriga 16 municípios.

Mapa da Ilha de Marajó

Mapa da Ilha de Marajó mostrando a localização dos 16 municípios

Aqui, a força das águas forja sempre novas geografias, faz surgir e desaparecer ilhotas e altera o curso de rios, furos e igarapés. Nessa terra mutante, floresceu a cultura marajoara, principal cultura a habitar a ilha entre os anos 400 e 1300 d.C., cuja cerâmica sofisticada está entre os mais belos legados materiais dos povos que habitaram o atual solo brasileiro.

Marajó possui uma clara divisão de paisagens

A costa Leste – voltada para a Baía de Marajó – é dominada pelos campos inundáveis, manguezais e praias. É a região mais habitada e de mais fácil acesso a partir de Belém.

Região dos campos da Ilha de Marajó

Região dos campos da Ilha de Marajó

Há diversas fazendas de búfalos, com um rebanho estimado em 600 mil cabeças, o maior do Brasil. Rústicas, porém imponentes, as propriedades são a essência da ilha desde o período colonial. Algumas dessas fazendas são abertas à visitação, com passeios e pernoites. Visitá-las é uma excelente oportunidade para conhecer aspectos do modo de vida local e contemplar a fauna nos campos.

As cidades de Soure e Salvaterra, ambas banhadas pela baía de Marajó, possuem pousadas e restaurantes, e funcionam como bases de saída para passeios por essa parte da Ilha. Nessas localidades estão algumas das melhores praias de Marajó – em geral, muito parecidas, com longas faixas de areia, caracterizadas pela amplitude de maré e uma das florestas de mangues mais exuberantes da costa brasileira, que integra a maior faixa contínua de manguezais do planeta, protegida por uma Unidade de Conservação Federal, a Reserva Extrativista Marinha de Soure. É dentro dessa UC que estão localizadas as principais praias e vilas de pescadores de Soure.

A cidade de Cachoeira do Arari merece uma visita pelo Museu do Marajó, onde você encontra um acervo de cerâmica dos sítios arqueológicos, e também pelas aves que, diferentemente de grande parte da Amazônia, ali são avistadas com facilidade.

O Oeste da Ilha

A região Oeste da Ilha é recoberta por florestas e é nela que se situa a cidade mais populosa da Ilha, Breves (no sudoeste), com quase 100.000 habitantes.

A sua localização é especial: florestas excepcionalmente exuberantes se misturam aos canais estreitos, formando um labirinto de ilhas.

Ali se percebe que Marajó pertence a um verdadeiro arquipélago.

Florestas da Ilha de Marajó

Florestas da Ilha de Marajó

 

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>